01: Introdução à Mixagem

Bem-vindo ao curso “Técnicas de Mixagem”! Este curso tem como base o curso de Mixagem de Friedmann Tischmeyer. Ele atua há anos como produtor e Engenheiro de Mixagem e Masterização, assim como professor em sua escola, a Mastering Academy. Sob a apresentação de José Inácio, a Audio Academy produz a versão brasileira desse curso, com supervisão pedagógica de Omid Burgin. Este curso, que traz a tradição alemã no fluxo de trabalho em estúdios, é reconhecido como o melhor método no mundo. E temos a satisfação de trazer esse conteúdo, que pretende ensinar uma abordagem prática, que vai lhe proporcionar um aperfeiçoamento de suas habilidades com o tempo. Além disso, os conceitos aqui tratados vão ajudá-lo a decidir rapidamente os aspectos técnicos e artísticos de uma Produção. São feitas tarefas de Mixagem “In-The-Box” (no computador), mas com alguns métodos de trabalho dos Engenheiros na era analógica, trazendo mais assertividade e organização. Nesta primeira aula, vamos tratar das três dimensões, conceito que é a base para alocar cada evento de som no nosso palco sonoro: 1. Largura (Panning  / Abertura da faixa estéreo); 2. Comprimento (Equalização e Níveis de volume / Compressão)

3. Profundidade (Reverb e Delay / Equalização de Reverb e Delay)

Conceitos:

  • as 3 dimensões;
  • método não-destrutivo X eficiência;
  • método de gravação e de escolha de takes;
  • divisão de tarefas;

Observação:

Assistir aos vídeos é a tarefa principal do aluno, pois várias técnicas só são compreensíveis com a observação de gráficos e de captura de telas dos softwares de áudio. Observe que as apostilas em PDF são reproduções das falas do apresentador, ajudando no entendimento e na pesquisa do conteúdo abordado.

O aluno, ao se matricular no curso, tem direito a visualizar os vídeos. A cópia dos mesmos, a reprodução pública, ou a sua veiculação em outras mídias físicas ou virtuais é estritamente proibida. Entretanto, as apostilas podem ser baixadas para estudo e usufruto pessoal, sem uso comercial.

IMPORTANTE: Para poder fazer o Quiz ou Perguntas no final, você precise se cadastrar no site. É gratuito e sem compromisso.

 


   

Perguntas

  • 1

    percebi que toda vez que era mostrado a configuração de taxa de bits (32 bit) aprecia o sample rate de 44.1 khz. Qual a diferença entre 44.1 e 48 ? E porque esta sendo sempre mostrado no video 44.1?

    Daniel Delgado

    o material parece bom! estou aprendendo! espero que o suporte atenda minhas expectativas.

    • Professor Omid

      Obviamente o material é bom! Aguardo boas mixagens de você!

      Referente ao Sample Rate: é preferível trabalhar inteiramente em no mínimo 48kHz. Somente na masterização, no processo final de gerar o master faremos o downsampling para 44.1kHz. Mais sobre como fazer isso no curso de Masterização.

      Agora aOmid.

  • 1

    SOBRE O SAMPLE RATE

    Daniel Delgado

    na verdade ja tirei minha duvida sobre o sample rate sobre usar 44.1 ou 48 . Porem eu tenho uma duvida.. Gravando com windows utilizando o pro tools, parece que não consigo tirar o melhor da minha interface , principalmente do que diz respeito a latencia(nao consigo utilizar a opção minimize additional i/o latency , pois quando faço faz uns estalos e ruidos de humming bem fortes) . Minha interface é uma focusrite 18i6 . ultimamente estou utilizando a monitoração direta da interface, ou seja , sem latencia. No mac eu teria o mesmo problema?

    • Professor Omid

      A questão da latência não é uma questão PC ou Mac, mas de memória disponível no seu PC. Reduzindo a latência e tamanho do buffer vai aumentar a carga da CPU e vai exigir mais recursos do seu PC. Normalmente os Macs são mais rápidos, tendo menos problemas do tipo, mas nada impede de você também conseguir isso com o seu PC. Verifique se você pode fazer um upgrade neles, no mínimo na memória RAM instalado. Verifique no manual da sua interface qual é o mínimo recomendado. Tb poderá pegar as informações na internet: https://us.focusrite.com/usb-audio-interfaces/scarlett-18i6/system-requirements

      Uma dica: antes de fazer tudo recomendado acima, faz um upgrade no driver. Lendo alguns fóruns sobre o mesmo problema, vi que isso as vezes resolve o problema.

      Estes pequenos problemas são bem chatos e requerem muita paciência e dedicação da sua parte. Sendo, você vai passar horas procurando soluções em manuais e fóruns, caso que as minhas dicas não resolvem. Mas, isso faz parte do seu aprendizado e da nossa profissão e esperamos que eventualmente as soluções apareçam mais rápidos. Só para dar um animo… 🙂

  • 1

    Plugins

    Thiago Felix Delmondes

    Os plugins utilizado no curso tem alguns plugin semelhantes do waves?

    • Professor Omid

      Ola Thiago

      A Waves fez um trabalho impressionante de simular praticamente todos os outros plugins, periféricos, etc. e os vende de forma mais econômico e sem precisar uma placa de processamento dedicado ao plugin. Sendo, a resposta é sim! Com a Waves você acha praticamente todas as soluções usados nas nossas aulas, mas o resultado sónico é um pouco inferior, comparado com os da TC Electronics ou UAD Audio, que tem placas de processamento dedicados a estes. Eu acredito que você poderá usar os Waves para aprender os caminhos e fazer várias produções, mixagens, masterizações com eles.

      Para saber qual plugin da waves é equivalente ao plugin usado em aula, basta fazer uma pesquisa na internet. Tem várias discussões sobre isso, já que você não é a única pessoa nesta situação. Muito material esta em inglês, mas o Chrome poderá traduzir para vc automaticamente.

      Uma vez que você atingir um nível mais profissional, você vai sentir a necessidade e vontade de fazer upgrades para os plugins que usamos em aula. Isso normalmente vem junto com maior poder aquisitivo, já que você vai ter retorno financeiro com seu trabalho. Ao menos é isso o plano, não é? 🙂

      Conclusão:
      1. Começa com os plugins que você tem a sua disposição, inclusive da Waves.
      2. Para saber a compatibilidade de um plugin de uma marca com outra, precise fazer uma pesquisa na Internet.
      3. Uma vez que você atingi um nível profissional você vai naturalmente saber escolher o que precisar e flutuar para os mais profissionais.

      Espero que isso tenha ajudado.

      Obrigado. Abs, Omid.